quarta-feira, 23 de junho de 2010

Homenagem muito Justa a Assembleia Legislativa fez ontem , ao Companheiro Aldo Pinto.

Ontem a Assembléia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul , prestou uma grande homenagem ao nosso eterno Deputado Aldo Pinto. Bem merecida esta homenagem , parabéns a todos os Deputados , de todos os Partidos , isso tem que fazer , enquanto nossos homens públicos , estiverem vivos , depois de morrer , não adianta.
O Aldo Pinto Deputado , era outra Assembléia , os Deputados da época resolviam , qualquer tipo de problema , eram amigos de seus Eleitores , de seus Companheiros , conheciam todos os Companheiros , chamavam , pelo nome de cada um. Eles não viviam presos em seus Gabinetes , a  Assembleia parecia a nossa casa , chegava-mos lá e ficava-mos a vontade ,bem diferente do que é hoje . Hoje a coisa é bem diferente , nós não conhecemos nossos Deputados e nem os nossos Deputados nos conhecem , quando eu digo nós , nós os Militantes do Partido. Mas precisamos voltar aos tempos em que se dava valor a Militância  e mostrar aos nossos Vereadores , Prefeitos e Deputados , que sem a Militância , não existem e nem Resistem , os Partidos Políticos , eles precisam se entrosar mais , com a nossa Militância , eles precisam freqüentar nossas Reuniões , de Órgãos de Ponta  , das Zonais ,dos Núcleos de Base ou do nosso Diretório Metropolitano , eles precisam ter a humildade de chegar , nas Reuniões e se apresentarem , ouvindo cada companheiro , a se apresentar , esse seria o caminho mais rápido e mais correto de se fazer uma coligação interna , no PDT. Falei tudo isso só para explicar como era diferente o Parlamento Gaúcho nos tempos do Aldo Pinto , que quando via qualquer um de nós Militantes do partido aguardando para falar com ele , nos puxava , para dentro do seu Gabinete , não era só o Aldo Pinto que fazia isso não , eram todos solidários os Deputados da década de 70 , ou da década de 80 , até na Arena , encontrava-mos gente boa , o tratamento era outro.
Aquilo que está escrito em frente da Assembléia Legislativa era verdade , naquela época , Povo sem Parlamento é Povo Escravo. Lá pela metade da década de 80 , nosso Parlamento começa a ficar fraco , o Povo abandonado por ele , começou a sentir que só seria importante na época de Eleições , quer dizer durante tres anos , nem te conheço , na metade do ultimo ano , preciso muito do teu voto , teu voto é um voto de qualidade , me ajuda meu irmão e aí por diante.
Nos tempos do Aldo Pinto , do João Satte , do Rospide Neto , do Dilamar Machado e outros, eles estavam sempre ali , lado a lado do seu eleitor , eles sabiam onde morava , cada voto deles , eles conservavam suas Bases Eleitorais , suas equipes trabalhavam durante os quatro anos de seus mandatos , não ficavam presas aos gabinetes , ficavam lá junto com as bases , sabiam dos problemas , que eram enfrentados pelos seus Eleitores.
A amizade tinha tanto valor que sempre que precisava-mos , corria de Gabinete em Gabinete, aquilo parecia uma confraternização , hoje não podemos visitar dois Gabinetes , pois um tem ciúmes do outro , não importa se são Companheiros , existe uma concorrência e bem forte , falta solidariedade , humildade e até um carinho com nossos Militantes , em muitos casos sobra arrogância e superioridade e muitas vezes deixam de se Eleger por muito poucos , Votos e ficam se lamentando e se perguntando o que será que faltou pra mim me eleger , eu respondo faltou ser assim como foi Aldo Pinto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário